Aula Pública denúncia o fechamento de Escola do Campo em Areia na Paraíba

Foto: MPA

Foto: MPA

No primeiro Dia de Aula no município de Areia-PB, 1/02, os pais levaram seus filhos e filhas para a Escola do Campo Maria Emília Maracaja no Sítio Engenho Cipó, como ela permanece fechada, realizaram uma Aula Pública no pátio como forma de denúncia. A escola foi fechada por meio de medida adotada pelo prefeito da cidade, João Francisco Albuquerque, e causa indignação pois à comunidade escolar não tem sido ouvida.

A Aula Pública foi realizada com muita mística, denuncias, relatos de pais e estudantes. Contando ainda com ciranda, músicas, brincadeiras, falas em defesa de uma Educação do Campo de qualidade e contextualizada, apontando a importância de se manter organizando, assim como, realizaram a denúncia do fechamento das Escolas do Campo na Paraíba.

Foto: MPA

Foto: MPA

A escola conta com cerca de 50 alunos matriculados do ensino infantil e fundamental além de atender crianças de povos e comunidades tradicionais. Segundo as normas da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) é assegurado pela Lei 12.960/2014, que a Comunidade Escolar deverá ser ouvida e a Secretaria de Educação do Estado deverá justificar a necessidade de encerramento das atividades da escola.

Os pais que tem seus filhos e filhas matriculados na escola realizaram diversas ações expondo ser contrários ao fechamento, realizaram abaixo-assinado, reunião com prefeito, participaram da Audiência Pública da Ouvidoria do Ministério Público, da reunião da Associação de Professores e do Conselho de Educação do Município, denunciaram nas rádios locais e abriram representação contra o prefeito no Ministério Público Federal.

Foto: MPA

Foto: MPA

A Aula Pública foi organizada pelas mães, pais, educandos e camponeses e camponesas do MPA, junto com o Levante Popular da Juventude, Polo Sindical da Borborema, SEDUP, Fórum dos Assentados e Aposentadas, MST, Frente Brasil Popular, Associação dos Professores de Areia, Conselho Tutelar e vereadores e juntos para dizer que não aceitam o fechamento da Escola Municipal Maria Emília Maracaja localizada no Sítio Engenho Cipó.

 

Por Comunicação MPA