Três dias de aprendizado, companheirismo e espírito de luta

Juventude camponesa do norte do RS realiza encontro regional no centro de formação de Seberi

A pauta da educação foi um dos pontos de debate entre os jovens

A pauta da educação foi um dos pontos de debate entre os jovens

O Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) realiza neste final de semana (01 a 03/09) encontro regional no centro de formação de Seberi. São cerca de 100 jovens que vem de três regionais do movimento, agregando ainda representantes da juventude urbana, o que faz valer o trabalho norteador do campesinato momento atual: estabelecer uma aliança camponesa e operária. O norte é a conscientização do papel do jovem no seu contexto contemporâneo, suas perspectivas e os desafios que desde já enfrentam para ocupar o espaço de protagonistas de sua própria história.

– Estamos reunidos em formação, debatendo os assuntos que são do interesse da juventude e manifestando também a nossa atenção e preocupação com a coletividade como um todo – explica Fabiane Bertoldo, jovem que vem de Erval Seco e atua na coordenação estadual de Juventude. “Reforçamos nosso trabalho nas escolas, abrimos novos campos de diálogo, compartilhamos conhecimentos e no final todos aprendemos de forma conjunta”, acrescenta.

Para Mayara Godoi Damian, que vem de Palmeira das Missões, em um ambiente como este os jovens sempre tem muito a aprender, principalmente através da partilha de experiências, de responsabilidades e da compreensão de que o que se pretende construir precisa ser algo executado de forma coletiva. “A juventude que está aqui precisa se conhecer, precisa entender os movimentos sociais, compreender o trabalho que os nossos coletivos desenvolvem”, destacou.

Jovens compartilharam experiências e identificaram objetivos comuns nas pautas camponesa e urbana

Jovens compartilharam experiências e identificaram objetivos comuns nas pautas camponesa e urbana

A realidade do jovem no contexto escolar, comunitário, profissional e cultural foram alguns dos temas tratados nos momentos de formação. Oficinas culturais como batucada, stencil, muralismo, confeção de mandalas e teatro foram oferecidas. Finalizando a programação foram oferecidos espaços de debates, trocas de ideias e experiências, bem como a tradicional confraternização cultural. Além dos jovens estudantes de nível fundamental e secundário, participaram também representantes de DCE’s, Levante Popular da Juventude e movimentos sociais.

As atividades realizadas em Seberi fazem parte da mobilização para o segundo Acampamento Estadual da juventude Camponesa do MPA/RS, que será realizado em outubro, na região metropolitana de Porto Alegre.

 

Marcos Antonio Corbari | Jornalista | MPA