Rádio Comunitária Coletiva FM de Cristal do Sul é vítima de atentado

04-150x150

O estúdio foi totalmente destruído. Foto: Coletiva FM

Na noite desta terça-feira, dia 11 de outubro, a Rádio Coletiva FM de Cristal do Sul foi vitima de um atentado. Segundo a direção da emissora indivíduos atearam fogo no estúdio, o qual foi totalmente destruído.

O crime ocorreu por volta das 22h30min. No local foi encontrado um tambor que possivelmente serviu para levar combustível e iniciar as chamas.

O fogo foi controlado graças aos extintores da emissora e com o trabalho realizado por dirigentes e vizinhos, no entanto o fogo destruiu todo o equipamento da rádio.

Conforme a direção da Rádio um caso semelhante já havia acontecido na noite do dia 28 de setembro onde foi furtado o transmissor e outros equipamentos.

A Brigada Militar compareceu no local, registrou a ocorrência. O caso agora será investigado.

A Rádio Comunitária 87.9 FM se solidariza com os colegas e amigos de Cristal do Sul. Esperamos que os responsáveis por esse atentado contra a liberdade de expressão sejam identificados e punidos pela lei.

Por Rádio Comunitária Coletiva FM