“Política é uma construção do bem comum com o protagonismo das pessoas”, afirma líder político

Olívio Dutra durante a aula pública em Chapecó. Foto: Adilvane Spezia / MPA

Olívio Dutra durante a aula pública em Chapecó. Foto: Adilvane Spezia / MPA

Quinta etapa do Curso de Pós-Graduação “A Esquerda no Século XXI”, realizada na última sexta-feira 29 de setembro, tem Aula Pública com líder histórico do PT e da esquerda brasileira, e, ex-governador Olívio Dutra, que debate sobre os partidos políticos e a esquerda brasileira.

Olívio afirma que a “Política é uma construção do bem comum com o protagonismo das pessoas”, referindo-se as correlações que forças que segundo ele, sempre há, durante os governos, sejam eles de esquerda ou não. Destacando ainda que o regime civil-militar tem sido um exemplo de como essa correlação de força age, com muitos presos políticos, mandatos cassados, “é dessa forma que atua a elite”, lembra o líder político que foi perseguido e preso durante a ditadura no Brasil.

Foto: Adilvane Spezia / MPA

Foto: Adilvane Spezia / MPA

“A ditadura não é o pior caminho para a soluções de problemas econômicos, sociais, políticos e nós tivemos 20 anos de Regime Militar, 21 anos sem debate político”, relata Olívio. Ele ainda falou da Estrutura do Estado, “é quase uma propriedade privada da burguesia”, apontando o nome de algumas famílias brasileiras que há muitos anos, desde o Brasil Colônia, tem estado envolvido com o aparato do Estado brasileiro.

Segundo Olívio o processo de consciência é fundamental para termos um país soberano, pois na luta nós vamos apreendendo uns com os outros. “A gente não realiza mudanças para melhor se não realizarmos uma mudanças para melhor em nós. Enquanto houver um país com enormes contradições sociais não haverá Democracia que resista”, enfatiza ele.

Foto: Adilvane Spezia / MPA

Foto: Adilvane Spezia / MPA

A aula foi realizada na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais em Chapecó, Santa Catarina, com a presença de lideranças de toda Região Sul do país e tem por objetivo está mobilizar grandes referências teóricas e lideranças políticas de esquerda do Brasil e da América Latina para compartilhar o conhecimento e aprofundar a reflexão sobre o futuro da esquerda.

O curso é idealizado e articulado pelo deputado federal Pedro Uczai por conta de sua trajetória e engajamento com as lutas da educação e da esquerda. O Instituto Dom José Gomes, que leva o nome de um grande líder religioso e defensor dos pobres e oprimidos, é a entidade organizadora e promotora deste projeto, que estabeleceu parcerias institucionais com a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) e a Fundação Perseu Abramo (FPA), dentre outras instituições para a materialização desse projeto.

Por Adilvane Spezia – Jornalista e Militante | MPA