MPA leva a Feira Camponesa para o XVII CONFUP

Foto: Ana Flávia Luck/MPA

Foto: Ana Flávia Luck/MPA

O XVII Congresso da Federação Única dos Petroleiros – CONFUP, realizado dos dias 03 a 06 de agosto, em Salvador capital da Bahia, reuniu mais de 400 trabalhadores que debateram a campanha “Privatizar faz Mal ao BRasil”. Na oportunidade os camponeses e camponesas do MPA, além de participarem do evento, também realizam uma Feira Camponesa na construção e fortalecimento da Aliança Camponesa e Operária.

As feiras camponesas que o MPA tem realizado buscam fortalecer a Aliança entre o Campo e a Cidade, por compreender que o Alimento Saudável é o pilar fundamental para a Soberania Alimentar. Assim como, compreende que a comida boa e saudável e o trabalho são elos solidários que fazem a liga entre o camponês e o operário, o campo e a cidade.

Foto: Ana Flávia Luck/MPA

Foto: Ana Flávia Luck/MPA

No marco do seu XVII Congresso, a FUP adquiriu, como parte da construção da Aliança, 600 cestas de alimentos saudáveis que foram entregues a cada delegado e delegada presente no evento. Nestas cestas tinham pó de café arábica, feijão, farinha, mandioquinha frita, bandejas de doces e um Cachaça Crioula. “A cesta foi um sucesso, todos saíram muito feliz, por estarem levando para casa alimentos saudáveis produzidos pelo Campesinato”, destaca a jovem camponesa, Ana Flávia Luck, que contribuiu com a Feira durante do XVII CONFUP.

Os camponeses e camponesas do MPA no Espirito Santo e da Bahia levaram também à feira, além dos alimentos e artesanatos do Campesinato brasileiro, arroz branco, arroz integral, farinha de mandioca, pó de café arábica, fubá de milho, roscas, biscoitos, bolachas, cachaça crioula e artesanatos.

Foto: Ana Flávia Luck/MPA

Foto: Ana Flávia Luck/MPA

Isso tudo porquê o MPA compreende que a Agricultura Camponesa precisa de melhores condições para produzir, mais e melhor. O povo trabalhador da cidade quer alimento de verdade e sua mesa. O povo trabalhador da cidade é pobre, tal qual os camponeses e camponesas no campo. Trabalhador do campo e da cidade possui a mesma vontade, ter liberdade, direitos e comida boa para todos. E assim seguimos construindo e fortalecendo a Aliança Camponesa e Operária, a Aliança Camponesa e Operária em defesa da Petrobras e da Soberania Alimentar.

 

Por Comunicação MPA