MPA e Sindiágua unem forças em defesa da água e do saneamento no RS

Camponeses e sindicalistas celebram compromisso de auxílio mútuo em defesa da água e saneamento público

 

Na manhã desta terça-feira (5), reuniram-se representantes do Movimento dos Pequenos Agriultores (MPA) e do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgoto do Estado do Rio Grande do Sul (Sindiágua), para debater temáticas referentes a unificação de pautas em defesa da Companhia Riograndense de Saneamento (CORSAN), estatal continuamente ameaçada de privatização cada vez que um governo de matriz neoliberal ascende ao PalácioReunião foi realizada na sede do Sindiágua, em Porto Alegre Piratini.

Outro tema da reunião foi o Fórum Alternativo Mundial da Água (FAMA 2018), evento que se contrapõe ao Fórum Mundial da Água. O FAMA, realizado paralelamente por entidades que discutem a água como direito e não como mercadoria, deve reunir, entre os dias 17 e 19 de março, cerca de cinco mil pessoas em Brasília. O MPA, assim como o SINDIÁGUA, é um dos organizadores do Fórum.

Também foram compartilhadas informações que serão agregadas a uma grande ação de base realizada pelo MPA no Rio Grande do Sul, o Mutirão da Esperança Camponesa. O trabalho conjunto visa difundir os malefícios da privatização do saneamento, além de construir campanhas que busquem melhor informar os agricultores sobre questões relativas ao setor.

Confira o panfleto conjunto emitido pelo MPA e Sindiágua:

Panfleto conjunto foi emitido e será distribuído nas ações do MPA em todo estado

Panfleto conjunto foi emitido e será distribuído nas ações do MPA em todo estado

Nas próximas etapas do Mutirão da Esperança Camponesa, os temas da água e saneamento farão parte do dos debates

Nas próximas etapas do Mutirão da Esperança Camponesa, os temas da água e saneamento farão parte do dos debates