Greve de Fome por Justiça no STF: Avaliação médica nº 9

Foto: Marcos Corbari | MPA e Rede Soberania

Foto: Marcos Corbari | MPA e Rede Soberania

No 11º sem se alimentar Jaime Amorim, Vilmar Pacífico, Zonália Santos, Rafaela Alves, Frei Sergio Görgen e Luiz Gonzaga (Gegê) apresentam condição de saúde bastante fragilizada pelo sacrifício físico. Já Leonardo Soares, há 4 dias em Greve de Fome, também demonstra fraqueza e debilidade.

 O cansaço, as dores musculares e de cabeça se intensificam e apresentam maior frequência com o passar dos dias de Greve de Fome, e aumentaram bastante após o retorno da audiência com o Ministro Lewandowski na tarde de ontem. Importante medidor da condição de saúde, a pressão arterial de todos se mantêm em um nível adequado para a situação, com alguns momentos de baixa mas com boa possibilidade de controle por parte da equipe médica.
 
Foi notado um aumento na irritabilidade e ansiedade dos manifestantes. De acordo com a equipe médica, a falta de nutrientes que contribuem para a tranquilidade no corpo humano os está deixando com um nível de tolerância bem mais baixo, exigindo cuidados específicos.
 
“Ás vezes eles ficam um pouco irritados com alguma pergunta ou com alguma atividade, então a gente deixa muito livre. Se vamos propor algo como um alongamento que tem o objetivo de contribuir com a sua saúde e isso vai irritá-los, deixa de cumprir com o que a gente buscava então vamos negociando com eles e respeitando a sua vontade”, relata médico.
 
 
Por Comunicação da Greve de Fome
 
 
📸 Foto: Marcos Corbari | MPA e Rede Soberania