Greve de Fome por Justiça no STF: Avaliação médica nº 7

Foto: Adilvane Spezia | MPA e Rede SoberaniaHá nove dias sem alimentar a condição física de Vilmar Pacífico, Zonália Santos, Luiz Gonzaga (Gegê), Rafaela Alves, Jaime Amorim e Frei Sérgio Görgen está bastante debilitada. Zonália precisou ir ao hospital para fazer exames médicos mais detalhados. Já Leonardo Soares, que está em seu segundo dia de Greve de Fome, começa a sentir os primeiros sintomas da fata de alimentos.

Conforme avaliação médica, “eles estão bem mais fracos do que ontem, a ida ao STF para protocolar os pedidos de audiência foi uma atividade intensa de bastante desgaste energético”, explica Dr. Ronald Wolff.

A perda de peso continua em todos os grevistas, alguns aumentaram a frequência urinária fruto da diminuição de ingestão de sais de reidratação oral, pois estão enjoando do soro, tal alteração tem sido corrigida com reposição. Os episódios de hipoglicemia continuam aumentando e por isso estamos precisando corrigir mais vezes.

Todos eles ainda estão conseguindo ficar sentados na poltrona, no sofá, conseguem falar e receber as visitas, porém já percebe-se a fala bastante cansada, relata o médico. O cansaço, a fadiga, as dores musculares têm se agravado, conforme a Greve de Fome avança.

 

Por Comunicação da Greve de Fome