Greve de Fome por Justiça no STF: Avaliação médica nº 18 – 23º dia de Greve de Fome

Foto: Michelle Calazans/ Ascom Cimi

Foto: Michelle Calazans/ Ascom Cimi

A Greve de Fome chega ao 23º dia de resistência com alerta redobrado da equipe de saúde – Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares. Os grevistas completam 23 dias sem se alimentar. Alguns deles perderam 8 quilos e outros chegaram a reduzir 11 quilos.

De acordo com a médica especialista em Medicina de Família e Comunidade, Maria da Paz, neste momento intensificam mais ainda os sintomas que fazem parte do quadro da greve de fome prolongada. “Os grevistas apresentam fortes dores musculares e quadro de hipoglicemia (alteração do nível de açúcar no sangue) e hipotensão (pressão arterial mais baixa do que o normal)”, esclareceu.

Entre os grevistas, alguns apresentam maior fragilidade da saúde, explica Maria da Paz, pois o organismo de cada militante responde de forma, apesar da condição sem alimento ser igualitária há 23 dias.

 

 

Por Comunicação da Greve de Fome