Em todo o Brasil, manifestações exigem Diretas Já!

Crédito: Roberto Parizotti

Crédito: Roberto Parizotti

O domingo (21) no Brasil teve manifestações por Diretas Já em capitais e cidades de 20 Estados e mais o Distrito Federal. Próximo passo é o #OcupaBrasília.

Em todos esses lugares, os manifestantes atenderam ao chamado da CUT e das Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo e gritaram forte Fora Temer – desmoralizado após a delação dos donos da JBS.

Em toda parte, cresce a consciência de que o atual Congresso Nacional não tem nenhuma legitimidade para prosseguir as reformas que atacam os direitos do povo. Muito menos, então, para escolher um presidente da República.

Por isso, o clamor é por eleições diretas já, uma vez que só uma solução que passe pela legitimação do voto popular poderá interromper o golpe e a crise política brasileira.

Apesar da chuva e do frio que marcou o domingo em muitas regiões,  os atos se sucederam da manhã ao final da tarde.

Em São Paulo, desde a noite de sábado aconteceu a Virada Cultural, uma série de shows em diversos pontos da cidade. Mesmo sob ameaça do Ministério Público, um grande número de artistas, ao se apresentar, gritou com o público Fora Temer e Diretas Já. Entre os artistas que entraram no clima de protesto estavam Daniela Mercury; Fernanda Takai (Pato Fu); Tulipa Ruiz e a dupla As Bahias e a Cozinha Mineira.

Veja um resumo das manifestações deste 21/5.

Acre

Convocado pela CUT, pela CTB e por outras entidades da Frente Brasil Popular, o ato com cerca de 700 pessoas, no Centro de Rio Branco, pediu Fora Temer e eleições diretas já. (Foto: Midia Ninja)

Amazonas

Em Manaus, centenas de militantes da Frente Brasil Popular e da CUT participaram de um ato na Praça do Congresso, no Centro.

Bahia

Em Salvador, a concentração foi no Campo Grande, de onde, às 15h, saiu uma passeata até o Farol da Barra. Cerca de 10 mil pessoas participaram do ato.

Ceará

O protesto na Praia de Iracema, em Fortaleza, reuniu cerca de 30 mil pessoas e foi chamado pelas Frentes Povo Sem Medo e Frente Brasil Popular. Ao mesmo tempo, uma caravana de ônibus partiu da cidade rumo ao #OcupaBrasília no dia 24.

 

 

 

 

Distrito Federal

BSB (1)Em Brasília, cerca de 2 mil manifestantes reuniram-se em frente à Biblioteca Nacional e realizaram um esquenta para o #OcupaBrasília, na próxima quarta-feira (24).

Goiás

No Centro de Goiânia, na Praça do Trabalhador, foi realizado o ato por eleições diretas. A manifestação foi convocada pela CUT, CTB e Frente Brasil Popular.

Maranhão

Uma carreata com 400 carros e 3 mil pessoas marcou o protesto convocado por centrais sindicais, além dos movimentos Frente Brasil Popular e Povo Sem Medo em São Luís.

Mato Grosso

Em Cuiabá, manifestantes também querem Fora Temer e Diretas Já.

Mato Grosso do Sul

Em Campo Grande, manifestantes chamados pela Frente Brasil Popular pediram o fim das reformas e Diretas Já.

Minas Gerais

Em Belo Horizonte, pela manhã, milhares de pessoas se concentraram na Praça da Liberdade. O ato foi chamado pela Frente Brasil Popular, pela Central Única dos Trabalhadores e movimentos sociais. No interior de Minas Gerais, manifestações também pediram Diretas Já. Em Juiz de Fora e Uberlândia manifestações reuniram centenas de pessoas.

Pará

Em Belém, ato convocado pela CUT pedindo a renúncia do presidente Michel Temer e a realização de eleições diretas, reuniu centenas de pessoas. Em Altamira, no Sul do Pará, a população também protestou.

 

 

 

 

Paraíba

Em João Pessoa, ato exige que se pare imediatamente as reformas.

Paraná

O protesto no Centro de Curitiba, começou às 14h com uma concentração na praça Santos Andrade, de onde partiu uma marcha até a Câmara Municipal. Mesmo com chuva, cerca de 300 pessoas participaram da manifestação. (Foto: Pedro Carrano / Brasil de Fato)

Pernambuco

Em Recife, manifestantes pediram Fora Temer e eleições diretas na Praça do Marco Zero, no Centro da cidade. A CUT-PE estimou em 5 mil o total de participantes.

Piauí

Em Teresina o ato Fora Temer, Por Diretas Já e Contra as Reformas foi realizado na feira do bairro Parque Piauí e recebeu expressivo apoio da população.

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, ocorreram manifestações na orla de Copacabana, pela manhã, e nas ruas de São Conrado, no início da tarde, onde uma passeata foi até a frente do apartamento em que reside o deputado Rodrigo Maia, presidente da Câmara, onde realizaram um escracho.

Rio Grande do Norte

Em Natal, a concentração começou por volta das 9h na Praça das Flores e deu origem a uma caminhada com mais de 3 mil manifestantes.

São Paulo

Na Capital paulista, debaixo de chuva e com baixa temperatura, cerca de 20 mil manifestantes protestaram na Avenida Paulista contra o golpista Michel Temer e pediram eleições diretas já. O protesto concentrou-se em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp). No interior paulista também ocorreram manifestações, em cidades como Poá, Ribeirão Preto, Campinas e Piracicaba.

Santa Catarina

Em Chapecó, no interior catarinense, manifestantes também pediram Diretas Já.

Sergipe

O protesto em Aracaju foi realizado nos Arcos da Orla da Atalaia, na Zona Sul da Capital sergipana. O ato, com 500 participantes,  foi convocado pela Frente Brasil Popular, com a CUT, o MST, estudantes e o Levante da Juventude.

Tocantins

Em Palmas, dezenas de pessoas protestaram na Praça do Bosque, no Centro da Capital. No ato, também houve protestos contra a Reforma da Previdência e a Reforma Trabalhista. (Foto: Cristiam Ribas/ Divulgação).

Por Central de Mídias da Frente Brasil Popular