Congresso do Povo: etapa municipal reúne trabalhadores do campo e da cidade em Palmitos (SC)

Foto: MPA

Foto: MPA

Neste fim de semana, 15 de julho, mais de 100 trabalhadores do campo e da cidade em Palmitos, no extremo oeste catarinense, se reuniram na Comunidade do Distrito de Santa Lucia para a realização da etapa municipal do Congresso do Povo, na ocasião também estiveram presentes, representantes do município vizinho, Caibi.

Nesta etapa diversas organizações somaram suas forças, lutas e resistências e construíram este momento. Entre elas o Sindicato Trabalhadores Servidores Públicos do Município de Chapecó e Região (SITESPM-CHR) representação de Palmitos, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina (SINTE/SC) Regional de Palmitos, Sindicato dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Sintraf), Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Chapecó e Região (Sitessch) Regional Palmitos, bem como integrantes da Cooper d’Água, a Associação de Feirantes Natureza Verde, Paróquia São Judas Tadeu, Pastoral Popular Luterana, IECLB em Palmitos, representantes do Partido dos Trabalhadores (PT), do mandato da vereadora Loreci, bem como militantes da CUT, Movimento da Mulheres Camponesas (MMC), Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e o Movimento pela Libertação da Palestina Ghassan Kanafani.

Foto: MPA

Foto: MPA

A programação do encontro contemplou o debate sobre o que é o Congresso do Povo e a importância da realização das etapas locais, regionais e estaduais. “Na primeira parte da manhã foi realizada uma análise histórica dos principais acontecimentos no Brasil depois da década de 60 até os dias atuais, um debate em plenário sobre esses momentos históricos que se viveu, seus avanços e retrocessos e depois partiu-se para um trabalho em grupos com o objetivo de responder algumas questões norteadoras, explica Gilberto Schneider, do MPA.

Entre as questões estão: Quais são os principais problemas do povo brasileiro?; Porque estes problemas aconteceram e acontecem?; O que e como podemos fazer para resolve-los?; E, como podemos dar seguimento aos debates e propostas do Congresso do Povo? Elementos que nortearam os trabalhos em grupo e os relatos foram socializados na plenária. Foi um momento muito importante, regado pela mística, animação e unidade popular, avalia o dirigente do MPA.

Foto: MPA

Foto: MPA

O almoço foi realizado em forma de partilha, onde cada participante trouxe algo para fazer o almoço coletivo, foi um momento bastante importante de encontro e confraternização, mas também para que este debate fosse realizado com êxito no município, explicam os participantes.

O Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) se fez presente com toda sua Coordenação Municipal participando e contribuindo no debate, assim como na construção desta etapa do Congresso do Povo que reuniu mais de 100 pessoas, entre trabalhadores do campo e da cidade do município de Palmitos e Caibi.

Vencida esta etapa municipal, antes mesmo de encerrar o encontro, “foram definidos os delegados que irão para a etapa Estadual do Congresso do Povo que será realizada neste segundo semestre de 2018 em Lages”, relata Gilberto.

 

Por Comunicação MPA