Camponeses do MPA participam do I Circuito de Feiras e Mostras Culturais da Reforma Agrária do DFE

WhatsApp Image 2017-04-07 at 14.33.27

Barraca dos camponeses do MPA na feira. Foto: Humberto Farias/MPA

Os camponeses e camponesas do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), participaram da 2ª Etapa do I Circuito de Feiras e Mostras Culturais da Reforma Agrária do Distrito Federal e Entorno realizado em Formosa-GO, entre os dias 7 a 9 deste mês. Diferente da 1ª Etapa do Circuito, em que os camponeses do Movimento visitavam a feira, nesta edição, além de apreciarem a feira e sua programação, também participam com uma banca de produtos do Campesinato.

Realizada na praça da cidade, a feira contou com uma diversidade de atrações, entre elas: seminários, debates, cineclube, shows musicais e teatrais, artesanatos, comercialização de alimentos saudáveis, debates e muito mais. A feira também traz a Agroecologia como uma ferramenta política contra o Agronegócio, a necessidade urgente da Reforma Agrária no Brasil e a Alimentação Saudável e livre de veneno como uma nova relação entre camponeses, sem terras e consumidores.

Cerca de 30 assentados estão participaram da feira, vindos de Distrito Federal, do Noroeste mineiro e do Nordeste de Goiás, se formando o Entorno. Da região de Formosa participaram oito assentamentos: Vale da Esperança, do Água Fria, Água Viva, Morrinhos, São Francisco, Piratininga, Dom Tomás e Fartura.

WhatsApp Image 2017-04-08 at 08.43.55

Produtos do Campesinato. Foto: Humberto Farias/MPA

A feira trouxe uma diversidade de artesanato, produtos oriundos do Campesinato e dos acampamentos e assentamentos do DF e Entorno, assim como, atraiu a população do campo e da cidade. Na carraca do MPA, quem visitou a feira encontrou uma diversidade de produtos da Agricultura Camponesa, entre eles o pó de café, farinha, açúcar mascavo e cachaça crioula.

A 1ª Etapa do Circuito de Feiras e Mostras Culturais da Reforma Agrária do DFE foi realizada em dezembro de 2016, em Planaltina-DF e trazendo o diálogo entre os Sem Terras, Camponeses e Camponeses, bem como, moradores da região.

Por Comunicação MPA