Camponeses do MPA do ES realizam Troca de Sementes Crioulas em construção do Mutirão da Esperança

DSCN7808

A Troca de Sementes faz a união da Comunidade Camponesa. Foto: MPA

Na noite terça-feira, dia 28 de março, militantes do MPA do Estado do Espírito Santo se organizam no município de Águia Branca, na comunidade Pedra Torta, e fazem uma Noite Cultural de Troca de Sementes Crioulas, com muita diversidade de sabores e cores.

Na abertura desta troca de sementes, a companheira militante Cássia Cassaro fez a leitura de uma belíssima poesia de Luíz Coronel “Frutos Dourados do Sol”, e assim, os camponeses começaram as trocas de sementes, onde cada um teve o espaço para comentar sobre cada semente que trouxe para partilhar.

Foi um momento para reafirmar a Aliança Camponesa, de formação para analisar essa conjuntura histórica que o país vem passando, e debater os desafios para seguirmos firme na luta, organizando as famílias camponesas.

DSCN7816

A Noite Cultural de Troca de Sementes Crioulas, reuniu jovens, crianças e adultos. Foto: MPA

Essa é a proposta o “Mutirão da Esperança”, que vem com o objetivo de visitar as famílias camponesas organizadas no MPA, promovendo atividades integrativas com as comunidades, incentivando sua formação política, com uma visão crítica e reflexiva do mundo em que estamos vivendo, e a troca de sementes vem com esse papel de contribuir nessa organicidade política.

Esse símbolo da Terra, as sementes são coletivas e fazem a união de uma Comunidade Camponesa, que tem em sua cultura a reprodução e partilha de sementes crioulas.

Assim como diz a poesia “Frutos Dourados do Sol” de Luís Coronel: “…Pelas mãos da gente simples, o dia nasce das sombras, os frutos dourados do sol, vão pro celeiro de espera, e a colheita surgindo do ventre da primavera. ”

Por Comunicação MPA