2ª Feira Nacional da Reforma Agrária é um verdadeiro festival de cultura

girlanda-central

Guirlanda da II Feira Nacional da RA. Arte: MST

A diversidade da produção de alimentos saudáveis de acampamentos e assentamentos chegarão em toneladas no Parque da Água Branca, entre 4 e 7 de maio, na 2ª Feira Nacional da Reforma Agrária. Para acompanhar essa fartura vinda das roças, a celebração tem que ser à altura: muita música, rodas de capoeira, feira literária, culinária típica das diferentes regiões, teatro, cirandas infantis e o melhor, tudo de graça.

O evento, organizado pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), recebe nomes já consagrados, como Emicida, Tulipa Ruiz, Targino Gondim, Tico Santa Cruz e Chico César. O Palco da Arena e o Palco Culinária da Terra também são espaços abertos a novos expoentes da música popular e independente, das batucadas do samba e do coco à moda de viola, tão popular entre os trabalhadores rurais.

Acompanhe todas as notícias da feira em >> www.mst.org.br

Além das programações de shows nos palcos da 2ª Feira Nacional da Reforma Agrária, os visitantes são convidados a conhecerem a Feira Literária, espaço de publicações em poesia e prosa, mas que traz também livros de cunho político-filosófico. Culinária da Terra, por sua vez, é uma praça de alimentação no meio da Feira com quitutes de todas as regiões: pato no tucupi, acarajé, arroz carreteiro, galinha com pequi e outras delícias.

“Queremos tornar todo esse espaço colorido, poético, vivo, belo, para trazer à tona essa necessidade de humanização. A cultura popular é ao mesmo tempo a arena e a ferramenta do diálogo entre o campo e a cidade. A feira se torna um grande encontro, um espaço de trocas culturais que mistura arte e política para celebrar a vida, a luta e a diversidade do povo brasileiro”, reflete Carla Loop, da coordenação do MST.

“É o encontro da viola, do RAP, do teatro, de fazer samba, poesia e dançar forró para alimentar a necessidade de mudanças e enfrentar os desafios deste momento político que estamos. Portanto reafirmamos o convite para celebrarmos o encontro do campo e da cidade com muita fartura e festividade”, arremata.

A programação político-cultural conta também com seminários. O seminário “Alimentação Saudável – um direito de todos e todas” recebe as palestrantes Bela Gil, Letícia Sabatela, o ex-ministro da saúde Alexandre Padilha, o ex-presidente do Uruguai, José Pepe Mujica e o coordenador do MST, João Pedro Stédile.

Confira a programação completa

Por Da Pagina do MST